• LACEN

Notícias

21/12/2012

Lacen comemora 118 anos de atividades no Paraná

Aniversario LacenO secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participou nesta quinta-feira (20) do evento comemorativo aos 118 anos de criação do Laboratório Central do Estado – Lacen. “O Lacen tem se destacado nacionalmente por sua capacidade de resposta e retaguarda para as ações de saúde pública necessárias, como no enfrentamento da dengue e da H1N1”, disse o secretário.

O Lacen-Pr alcançou neste ano o Nível E de qualidade e bissegurança, classificação máxima conferida pelo Ministério da Saúde aos laboratórios de Saúde Pública do país. O reconhecimento é resultado da implementação de um Sistema de Gestão de Qualidade e Biossegurança, responsável por padronizar e controlar as rotinas técnicas na unidade.

Para o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, o apoio do Lacen é fundamental para as ações de vigilância no Estado. “Hoje o Lacen é referência nacional pela excelência técnica de seus profissionais e o esforço conjunto de todos tem sido fundamental para as ações de controle de endemias no Paraná”.

Em 2012, a secretaria investiu em reformas e readequações das duas unidades do Lacen, no Alto da XV, em Curitiba, e no Guatupê, em São José dos Pinhais. Também foram investidos recursos para compra de novos equipamentos e capacitação dos profissionais que atuam no laboratório. Para 2013, estão previstos R$ 3,5 milhões para início das obras de ampliação do Lacen Guatupê, que prevê a construção de novos laboratórios de análises de interesse de saúde pública, como de produtos, água, alimentos, medicamentos e toxicologia.

História – O Lacen-PR foi criado pela lei nº 124 de 21 de Dezembro de 1894, devido a pressão de Trajano Reis, inspetor geral de higiene do Paraná, que via a criação de um laboratório de análises clínicas e microscópicas como um passo importante para garantir a higiene, a análise química dos gêneros alimentícios e a luta contra as moléstias epidêmicas. Era chamado Laboratório de Analyses Chimicas e Microscópicas. Em 1938 foi denominado Laboratório Geral do Estado e em 1988 passou a se chamar Laboratório Central de Saúde Pública do Paraná.

Vinculado à Secretaria de Estado da Saúde, desenvolve atividades voltadas à saúde coletiva. Atua nas áreas de vigilância epidemiológica, sanitária e ambiental. Na área de Epidemiologia e Controle de Doenças atua no diagnóstico e monitoramento dos agravos de interesse em saúde pública, definidas e priorizadas através dos indicadores de saúde.

Hoje, o Lacen coordena a Rede de Laboratórios Públicos e Privados do Paraná e atua com três unidades: a Divisão de Laboratórios de Vigilância Sanitária e Ambiental, Divisão de Laboratórios de Epidemiologia e Controle de Doenças e Unidade de Fronteira. Conta ainda com oito laboratórios regionais – Larens.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.